Header Ads

Band não autoriza a entrada dos zumbis


Maggie Greene (Lauren Cohan) enfrenta um zumbi detento em cena de "Seeds", primeiro episódio da terceira temporada de "The Walking Dead", que estreia no dia 16 de outubro, às 22h15, na Fox Flavio Ricco

Maggie Greene (Lauren Cohan) enfrenta um zumbi detento em cena de "Seeds", primeiro episódio da terceira temporada de "The Walking Dead", que estreia no dia 16 de outubro, às 22h15, na Fox
Ainda hoje, até pelo fato de possuir uma grade de programação estabilizada, com horários bem definidos para isto e aquilo, tem gente que acusa a Globo de comprar determinados produtos com a clara intenção de não permitir a sua exibição nos canais concorrentes.

Mas o curioso é que a Bandeirantes, veja só, resolveu se dar a este luxo. No início de dezembro do ano passado, foi anunciada a aquisição da primeira e segunda temporadas da série “The Walking Dead”, um dos maiores sucessos da TV americana. Só que até agora, passados praticamente 10 meses, ninguém sabe informar quando isso será levado ao ar. Se é que um dia será levado. Um mistério.

Enquanto isso, na TV paga, o canal Fox estreia dia 16, às 22h15, o terceiro ano da série. Alguém consegue explicar toda essa demora? De duas, uma: ou é falta de horário, em parte ocupado por uma igreja na faixa nobre, ou um veto – puro e simples – da argentina Eyeworks-Cuatro Cabezas, que hoje por lá, num bom castelhano, é quem solta e manda prender.

Trapalhada

O “Muito Mais”, da Adriane Galisteu, não será levado ao ar entre a segunda e a sexta-feira que vem. O Artístico da Band, que não se perca em meio a tantas derrapadas, entendeu que o programa deve ceder o seu espaço, para a apresentação de uma série de especiais na semana da criança.

Uma decisão que, com a maior das razões, deixa toda a equipe da Galisteu ressabiada. Ninguém sabe o que ainda pode vir depois disso. Aliás, a insegurança na Bandeirantes de hoje lembra muito o SBT do passado.

Um recorde

A novela “Rebelde”, que a Record vai tirar do ar no dia 12, completará 19 meses de exibição, desde a sua estreia em 21 de março do ano passado. De lá para cá, foram promovidas exatas 57 mudanças de horário. Um pouco demais.

Fim de feira

Hoje, por exemplo, a Record vai estrear “Balacobaco” às 22h30, e para alavancar a sua chegada foi programada a exibição do filme “A Era do Gelo” antes dela. Tudo bem. “Rebelde”, por causa disso, terá apenas 15 minutos de duração. Ficará no ar das 21h00 às 21h15. Alguém já viu algo parecido?

Virou comédia – 1

Os bastidores de “Rebelde” se transformaram numa bagunça só. Depois de conhecida a decisão de tirar a novela do ar, os trabalhos foram suspensos. Desde terça-feira ninguém mais gravou coisa nenhuma. Os capítulos foram recolhidos. Como não existe frente, a Record está sendo obrigada a se virar. Encontrar um jeito. Talvez isto explique os 15 minutos de exibição previstos para logo mais.

Virou comédia – 1

Na melhor das hipóteses, o elenco de “Rebelde” deve voltar aos estúdios entre sexta e sábado, o que ainda não é confirmado. O autor Emílio Boechat, em meio a tudo, terá que revelar os seus dotes circenses. Terminar uma novela em 10 capítulos, que estava prevista para seguir até meados de novembro.

Discretamente

Marcelo Frisoni, candidato a vereador em São Paulo, já em final de campanha, tem aproveitado os seus horários no rádio e televisão para os agradecimentos que não poderiam faltar.
E com destaque para o nome de sua mulher, Ana Maria Braga, que até agora não tinha aparecido.

Pista

Ainda sobre a troca de bandeira da 89 FM, em São Paulo -  que não é mais a “rádio rock” como gostam de salientar alguns e como se isso fosse mais importante que o próprio fato – já se dá como certo que a Rede do Bem é quem irá assumir o seu controle. Isto a partir do dia 1º de novembro.

Operação tartaruga

Essa Rede do Bem, antes da sua expansão radiofônica, vai fazer um bem enorme a muita gente se atualizar os seus telefones. Há pessoas que não aguentam mais atender ligações que não são dirigidas a elas.

Que hora!

Com as eleições nos Estados Unidos esquentando, prestes a acontecer, o jornalismo da Record mandou o Vinícius Dônola de volta ao Brasil e deu férias a Luciana Liviero. Nesta altura, só restaram o Jayme Ribeiro em Nova York e a Heloisa Villela em Washington. Eles vão precisar dar conta de tudo. Esquisito, né?


É o seguinte

A Rede TV! está preparando a estreia do novo programa da Luciana Gimenez. Será apresentado às terças-feiras, faixa das 22 horas. Mas o “Superpop”, com a mesma Luciana, não vai sair do ar, como a princípio se anunciou. As suas exibições serão mantidas nas noites de segunda e quarta. Uma notícia que vai deixar o Maurício Stycer especialmente feliz. Salvei a sua semana, amigo.

Música

O show que irá celebrar os 30 anos da banda Titãs será transmitido pelo canal Multishow, gravado, a partir das 22h30 deste sábado. O que irá significar um delay de duas horas, já que a apresentação está marcada para as 20h30, no Espaço das Américas, em São Paulo.

Ibope

Estão fechados os números de audiência relativos ao mês de setembro.  Em São Paulo, nas 24 horas, Globo – 11,9, SBT – 4,8, Record – 4,5 e Band – 1,9.  Nacional, Globo – 13,6, SBT – 4,5, Record – 4,2 e Band – 1,8.

Inexplicável

Pessoal que acompanha a Record, em todo o país, através da Sky, desde o final da última semana passou a receber o sinal da Record-Rio de Janeiro. A programação local simplesmente desapareceu. Consultada, a assessoria da empresa informou o seguinte: “Trata-se de uma determinação judicial para que a propaganda eleitoral de São Gonçalo/RJ seja incluída na programação da Record transmitida por meio da SKY”. Alguém entendeu? Fato é que, por causa dessa confusão, que extrapolou os limites do Rio, até mesmo o horário político de outros estados foi atingido. Algo, aliás, inexplicável. Como a propaganda obrigatória termina hoje, dia 4, acredita-se que amanhã tudo voltará ao normal.

Eleições

O canal Globo News estreia sábado, com o “Central das Eleições”, um moderno estúdio no Rio de Janeiro, de onde serão apresentadas, ao vivo, as principais notícias sobre as eleições municipais em todo o país. O programa ficará no ar entre os dias 6, a partir das 8h da manhã, e 8, segunda, até às 14h30, e será conduzido por Renata Lo Prete, Cristiana Lôbo, Merval Pereira e Gerson Camarotti.

Avenida da Hebe

Ontem, em seu twitter, César Tralli informou que a avenida Perimetral, que está sendo asfaltada na região do Morumbi, mas ainda tem cerca de 20 árvores no meio, será rebatizada.
Vai receber o nome de Avenida Hebe Camargo.

Bate – Rebate

•       Todas as estreias prometidas pela Rede TV! devem acontecer no decorrer de novembro.
•       A Gazeta vai lançar um sitcom com Eduardo Martini. Direção e redação do Márcio Tavolari.
•       O título já está escolhido, mas ainda está em processo de registro. Não pode ser divulgado.
•       Existe a possibilidade de uma edição deste sitcom entrar em dezembro, mas como parte da programação especial de fim de ano.
•       Alexandre Borges será o convidado do “Amor e Sexo”, nesta quinta, na Globo.
•       Moacyr Franco se apresenta sexta e sábado no Teatro Rival, Rio de Janeiro.
•       O filho, Guto Franco, diretor do Renato Aragão na Globo, vai dar um apoio ao pai.
•       O autor Carlos Lombardi, que trocou a Globo pela Record, resolveu se trancar num spa, em Itu.
•       Além da batalha para perder peso e entrar na medida certa, também lá, ele aproveita o tempo para trabalhar em duas ideias de novelas.
•       “Salve Jorge” também é o título da música de abertura da substituta de “Avenida Brasil”, feita pelo cantor Seu Jorge especialmente para a novela.

C´est fini

Marcelo  Bonfá, que até dias atrás estava na Record News, fechou com a Rede TV! Os últimos detalhes foram acertados na manhã de ontem. Bonfá será o diretor do “Se liga Brasil”, novo nome do “Manhã Maior”, que além do título irá sofrer uma completa reformulação.

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaboração de José Carlos Nery
Tecnologia do Blogger.