Header Ads

Chitãozinho e esposa lamentam vitória na Justiça contra Hebe


NT
http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121004144014.jpg
Foto: Iwi Onodera/Ego

Poucos dias antes de falecer, no último sábado (29), Hebe Camargo foi condenada na Justiça a pagar 300 salários mínimos (R$ 186,6 mil) de indenização por danos morais a Márcia Alves, esposa do sertanejo Chitãozinho. A informação veio à tona nesta semana.

O casal, porém, não comemorou a vitória da batalha judicial, que se arrastava desde 2000, quando a apresentadora chamou Márcia de "garota de programa" e "aquela coisa" em sua atração no SBT. A "rainha da televisão brasileira" acreditava que ela teria sido a pivô da separação de Chitãozinho e Adenair Lima, que foram casados por 20 anos.

Em nota oficial, o cantor e sua esposa garantiram que todo o embróglio já havia sido superado há tempos, e que eles sentiram a perda de Hebe Camargo.

Confira a nota na íntegra:

“Chitãozinho e Márcia Alves, assim como todo Brasil, sentiram muito a perda daquela que foi a maior apresentadora de televisão de todos os tempos. O casal deseja que Hebe descanse em paz e que a família da artista seja respeitada nesse momento de sofrimento e dor. Ressaltamos que qualquer tipo de desentendimento do passado já havia sido superado há tempos”.

Procurado, Cláudio Pessutti, sobrinho e empresário de Hebe, se recusou a comentar a decisão da Justiça, que ainda cabe recurso da família.
Tecnologia do Blogger.