Header Ads

Mesmo frágil, Hebe ainda foi Hebe em sua última entrevista


F5
Hebe Camargo em seu camarim no SBT, em registro de março de 2009, prestes a completar 80 anos
Pouco mais de uma semana depois de sua morte, Hebe Camargo reapareceu na TV em imagens inéditas.

O "Fantástico" do dia 7 de outubro exibiu trechos da entrevista que a apresentadora gravou em sua própria casa com o maestro Eduardo Lages, o diretor musical de Roberto Carlos, no começo de agosto. Foi seu último compromisso profissional.

A matéria teve menos de oito minutos e foi entremeada com cenas de uma conversa de Hebe com Serginho Groisman num parque em Lisboa, no começo de 2011. A edição deixou de lado qualquer declaração mais bombástica dos entrevistados: o que interessava, evidentemente, era ver Hebe mais uma vez em ação.

E lá estava ela, algo diferente mas perfeitamente reconhecível. O rosto estava mais magro e a peruca era visivelmente uma peruca --Hebe não se importava que os espectadores soubessem que ela estava careca por causa da quimioterapia, mas fazia questão de aparecer bem arrumada.


O mais impressionante era seu bom humor. A gargalhada permanecia intacta, ainda que a memória falhasse. Hebe se esqueceu da letra e até do nome de "Você Não Sabe", a música que interpretou maravilhosamente no especial "Elas Cantam Roberto". Mas bastaram algumas notas que Lages dedilhou no piano para que tudo lhe voltasse.

Como é que essas imagens preciosas foram parar na Globo, e não no SBT? Não houve uma explicação formal, mas dá para deduzir algumas coisas. A reportagem do "Fantástico" disse que Hebe iria gravar entrevistas em casa para serem exibidas na internet. Não houve tempo para fazer outras: o papo com Eduardo Lages foi o primeiro e último.

Naquela altura Hebe já estava em processo de desligamento da Rede TV!. Seu último programa na emissora fora ao ar em junho e ela dificilmente voltaria a gravar lá, apesar de seu contrato com a casa ir até o final deste ano.

Também ainda não havia assinado nada com o SBT. Para se manter ocupada, ela encontrou uma solução doméstica. Hebe se alimentava de TV: o trabalho em frente às câmeras a revitalizava. Apesar da aparência mais frágil do que de costume, é evidente seu entusiasmo nesta derradeira aparição.

Hebe deixou gravados na Globo pelo menos dois momentos memoráveis de sua longa carreira: a esplêndida participação em "Elas Cantam Roberto", em 2009, e a hilariante entrevista a Jô Soares em 2000, ao lado das cupinchas Nair Bello e Lolita Rodrigues. Mesmo assim, não deixa de ser irônico que sua despedida às câmeras tenha ido ao ar justamente numa emissora onde nunca trabalhou.

Tecnologia do Blogger.