Header Ads

"Salve": "Não se deve ampliar a voz dos imbecis", diz autora sobre protesto


NT
http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121026153740.jpg
Em entrevista ao jornal "O Globo" desta sexta-feira (25), a autora de "Salve Jorge", Glória Perez, comentou sobre o protesto de evangélicos contra a novela.

"Não vejo protesto de evangélicos, o que vejo são interesses comerciais apelando para o fundamentalismo. E penso que, em casos assim, o pessoal da imprensa deveria seguir o sábio conselho do Millôr Fernandes: ’Não se deve ampliar a voz dos imbecis’", disse ela.

Entenda o caso:

Evangélicos estão fazendo uma campanha nas redes sociais contra a novela da Globo. "Na hora da novela, leiam a Bíblia", diz mensagens espalhadas pela internet.

O motivo:

São Jorge é um dos santos mais venerados no catolicismo e também em diversos cultos das religiões afro-brasileiras, onde é sincretizado na forma de Ogum.

Quanto ao nome da novela, o blog Exército Universal afirma que o termo "Salve" é uma saudação à entidade espiritual. Com a saudação diária a Ogum (Jorge), o "Espírito de Deus" se distanciaria dos lares brasileiros.
Tecnologia do Blogger.