Header Ads

Aslan e Marcello estão no terceiro paredão do "BBB13"


UOL

Aslan e Marcello estão no segundo paredão do "BBB13", formado na noite deste domingo (27).

Aslan foi indicado pela líder, Anamara, enquanto Marcello foi indicado pela casa. A eliminação será anunciada na próxima terça-feira.

Kamilla e Marcello tiveram três votos cada. Anamara acabou desempatando a votação e indicando Marcello.

"Meu voto seria do Eliéser [que venceu a prova do líder na quinta e estava imune], mas vou votar no Aslan. Por causa de uma conversa no quintal na qual ele disse que queria estar aqui para ter relações interpressoais. E acho que lá fora é melhor para ele treinar essas relações. . E ele disse ao vivo que queria me ver fora do programa. Chumbo trocado não dói", justificou Anamara.

Paredão pegadinha
Anamara se tornou líder após a votação do público em um "paredão pegadinha", no qual o mais votado sairia por um dia da casa e voltaria como líder.

A baiana passou um dia confinada em um quarto, assistindo a tudo o que acontece na casa, para então voltar como líder na formação do paredão.

Ela foi indicada na sexta-feira pelo então líder Eliéser e disputou a liderança com Marcello, o mais votado pela casa no que os participantes acharam ser um paredão surpresa.

Obrigada a deixar a casa sozinha, Anamara passou pelo cenário da festa desta noite e, ao sair, chegou em um quarto com várias televisões. "Ué, onde eu estou? O que é isso?", perguntou.

Pedro Bial logo fez contato com a sister e informou que ela não havia sido realmente eliminada, mas voltaria como líder no domingo. "Meu Deus! Bial, eu te amo", gritou Anamara, surpresa. O apresentador também contou que ela teria televisões para observar os outros participantes e que uma delas é 3D. "Imagina sua bunda em 3D, Maroca?", brincou.

Anamara também se mostrou preocupada com Yuri, que, ao lado de Natália, chorou muito com sua saída. "Coitado do Yuri, o bichinho está sofrendo tanto", lamentou.

Eliéser, que venceu a prova de resistência da última quinta, não terá mais o direito ao voto do líder no domingo, mas tem imunidade garantida.
Tecnologia do Blogger.