Header Ads

Filhos de Dominguinhos brigam na Justiça e divergem sobre estado de saúde do músico


FOLHA

Dois filhos do cantor Dominguinhos divergem sobre o estado de saúde do pai. Enquanto o mais velho, Mauro Moraes, afirma que, após quase dois meses internado, o sanfoneiro entrou em coma irreversível, outra filha, a também cantora Liv Moraes, diz que o pai ainda tem momentos de consciência.

Dominguinhos está em coma irreversível, diz filho do músico

"Eu não sei o que significa coma irreversível. Meu pai tem respostas, mexe a mão, abre os olhos, embora às vezes fique olhando para o nada. O estado dele é muito grave. Os médicos deram uma porcentagem muito pequena de volta, mas estão tentando", disse Liv Moraes.

"Se é irreversível, por que estariam tentando fazer coisas? Os médicos disseram que a gente não espere uma coisa maravilhosa, a gente já está preparado, mas nunca disseram 'acabou'. Dizer que é irreversível é algo muito sério. Estou profundamente triste com tudo isso. Nunca esperei ver uma notícia dessas", completou a filha de Dominguinhos.

A cantora disse também que ontem esteve com a doutora Nise Yamaguchi, oncologista e chefe da equipe que cuida do sanfoneiro. Segundo Liv, a doutora não comentou nada sobre coma irreversível. A equipe também é chefiada pelo neurologista Paulo Marchiori.

"Soube dessa notícia hoje. O câncer dele tinha estacionado há um tempo. Ele faz quimioterapia faz uns seis, sete anos, e tinha estacionado. É muito delicado para a família. Precisamos de um tempo para digerir. Sei que as pessoas querem saber como meu pai está, uma pessoa muito amada, mas precisam respeitar a família", disse a cantora.

Procurada pela reportagem, a doutora Nise Yamaguchi não foi localizada. O último boletim médico divulgado pelo hospital Sírio Libanês, onde o músico está internado, foi divulgado no dia 14 de janeiro.

Procurada pela Folha, a assessoria de imprensa da instituição disse não poder divulgar o atual estado de saúde do sanfoneiro. Segundo a filha de Dominguinhos, o hospital deve divulgar novo boletim neste sábado (16), após a equipe que cuida do músico avaliar seu estado de saúde. "A família nunca impediu que boletins fossem divulgados. Eles devem ter parado por não ter havido alteração no estado dele, que estava estável. Preferiram não ficar divulgando a mesma coisa todos os dias."

O músico Dominguinhos havia sido transferido do Hospital Santa Joana, no Recife, para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no dia 13 de janeiro, e respondia bem ao tratamento médico.

Dominguinhos foi internado com um quadro de infecção respiratória e arritmia cardíaca. Ele foi submetido a uma traqueostomia e, também, vinha passando por sessões de hemodiálise.

No último dia 3, durante a passagem de sua turnê por São Paulo, a cantora Elba Ramalho aproveitou para visitar o amigo Dominguinhos no hospital. Segundo pessoas próximas à artista, ela cantou algumas músicas e o compositor teria reagido bem, com alguns reflexos.

AÇÕES NA JUSTIÇA

Além da discordância com seu irmão Mauro em relação ao estado de saúde de Dominguinhos, Liv Moraes também falou sobre o incômodo de ter de lidar com as duas ações movidas pelo filho do compositor e sanfoneiro contra ela.

Em fevereiro deste ano, Mauro entrou com duas ações no Tribunal de Justiça de São Paulo contra a cantora. A primeira, que corre em segredo de justiça, diz respeito a uma procuração pedida por ele para administrar os bens de Dominguinhos.

"Todo mundo sabe que quem cuida das coisas do meu pai há mil anos sou eu. Quando meu pai ainda estava consciente, resolveu que minha mãe seria sua procuradora e que nós cuidaríamos das coisas dele. Meu pai resolveu que daria isso à minha mãe, não ao filho dele. Não precisa falar mais nada, não é?", disse a filha de Dominguinhos.

Na outra ação, Mauro alega que Liv o impediu de entrar no apartamento de Dominguinhos, em São Paulo, onde ele está morando desde que o compositor foi internado, e que ela exigiria que ele deixasse o imóvel.

"O senhor Mauro alega que a senhora Liv exige que ele deixe o apartamento, não é necessariamente isso. Não entramos com a defesa ainda porque não fomos citados", disse Paulo Jacobina, advogado da cantora.

"Ele diz que eu o ameacei de não entrar lá, mas fui eu que abri o apartamento para ele. Não queremos que ele saia, mas ele precisa dizer o que pretende, pois o apartamento tem muitas despesas. Quer morar lá, então precisa pagar as contas, condomínio, que é alto, luz, outras coisas. Não quero atacar o Mauro, só queremos a recuperação do meu pai", comentou Liv Moraes, filha de Dominguinhos com Guadalupe Mendonça.

À Folha, Mauro disse que pretende voltar ao Rio, onde mora com sua família. "Eu vim aqui para São Paulo apenas para cuidar dele. Este assunto está sob júdice, não quero falar sobre isso. A única pessoa que importa é meu pai. Estou longe da minha família há três meses, minha vida inteira foi no Rio, não pretendo ficar aqui. Estou muito triste e orando pelo meu pai, milagres existem. A pessoa que mais quer que ele acorde sou eu", disse Mauro, filho do primeiro casamento de Dominguinhos com Janete Silva de Moraes, que morreu em maio de 2012.

"Tem a opinião dela e tem a minha. Eu apenas disse o que o médico falou para mim. Às vezes, ele abre o olho, aperta a minha mão, mexe os dedinhos, mas está inerte. Não sei o que ela [Liv Moraes] está falando, mas também não me interessa. Meu pai não ouve e não fala. Estou fora de casa há três meses, desde o dia em que ele foi internado", disse o filho de Dominguinhos.

Sobre a "contenção de gastos da família", a cantora disse que o governo de Pernambuco tem ajudado no tratamento de Dominguinhos, e que a família pretende procurar o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para que ajude a custear o tratamento do músico.
Tecnologia do Blogger.