Header Ads

Após denunciar esquema de prostituição na RedeTV!, modelo desiste de trabalhar com televisão

A modelo Priscila Vilela, que participou do "Teste de Fidelidade"F5

A modelo Priscila Vilela, 24, que denunciou um suposto esquema de prostituição no programa "Teste de Fidelidade", da RedeTV!, afirmou em entrevista ao "F5" que desistiu de fazer trabalhos para a TV.

"Na televisão, eu não quero mais trabalhar. Só contratam modelos 'ficha rosa' mesmo", disse, referindo-se a profissionais que, além participar de programas e desfiles, fazem sexo por dinheiro.

"O diretor [Rafael Paladia] me disse que era comum contratar prostitutas em outros programas da emissora."

Foi a segunda vez que a jovem fez um trabalho na TV. Antes, segundo ela, havia participado, mediante cachê, da primeira fila da plateia do extinto "Programa do Gugu", da Record.

"Só porque faço trabalho como modelo e já desfilei de lingerie, acharam que eu era prostituta". disparou Priscila.

No domingo (24), ela publicou no YouTube um vídeo em que dizia não ter recebido todo o seu pagamento pela participação na atração de João Kléber, que foi ao ar no último dia 14 de julho.

Na ocasião, ela interpretou uma "sedutora", que tinha como missão fazer um participante trair a namorada.
Tecnologia do Blogger.