Header Ads

Nutricionista de "Amor à Vida" será vítima de violência doméstica

COLABORAÇÃO PARA O "F5", DO RIO

A equipe do Hospital San Magno vai ganhar mais uma trama polêmica nos próximos capítulos de "Amor à Vida".

Será revelado que a nutricionista Marilda (Renata Castro Barbosa) é vítima de violência doméstica por parte do marido e mantém a agressão em segredo.

A primeira a notar algo de errado é a enfermeira Joana (Bel Kutner), que estranha as marcas vermelhas no pescoço da colega.

"Tem uma cena da Joana mandando a Marilda procurar a polícia, mas ela continua dizendo as marcas surgiram por que ela bateu na parede, que tem alergia, ainda não assume o que é", diz a atriz Renata Castro Barbosa ao "F5".

A intérprete afirma ter ficado bastante surpresa com a reviravolta da personagem, que, até então, vivia apaziguando os ânimos dos colegas no refeitório do hospital e brigando por melhores condições no local.

Outra surpresa da trama de Walcyr Carrasco será quanto à identidade do marido violento da nutricionista.

"Pelo o que eu sei, o marido dela já está na novela. Vai ser uma surpresa para todos, mas também não é garantido, por que o Walcyr é sempre surpreendente", conta Renata.

Segundo a atriz, Marilda não tem filhos e mantém o casamento por outras razões.

"Vamos focar no fato de ela não ter nenhum motivo para ficar com esse homem que não seja amor."

Assim que soube da reviravolta na trajetória de Marilda, a atriz pesquisou sobre violência doméstica com mulheres que sofreram agressão de seus maridos ou parceiros.

"Conversei com pessoas que já tinham se livrado disso, que deram a volta por cima. Elas sentem uma vergonha muito grande do tempo em que permitiram que isso acontecesse, da humilhação e do quanto elas ficaram caladas", diz.

"Essas mulheres ficam para dentro, com medo da vida e com uma dificuldade de encontrar um novo amor muito maior do que outras pessoas que não passaram por isso."
Tecnologia do Blogger.