Header Ads

Após briga, Luiza volta a morar com os pais, e Laerte reencontra fênix

NOTÍCIAS DA TV

Luiza (Bruna Marquezine) terá duas brigas feias com Laerte (Gabriel Braga Nunes) no capítulo previsto para ir ao ar sábado (12) na novela Em Família, da Globo. Uma delas culminará na decisão da jovem de voltar a viver na casa de Helena (Julia Lemmertz) até o dia de seu casamento. O flautista, que ajudará a noiva com a mudança, vai encontrar no apartamento da “sogra” o colar da fênix, símbolo da paixão que viveu no passado com a prima.

O autor Manoel Carlos quer que fique um suspense no ar assim que Laerte pegar o medalhão da fênix em suas mãos. O intérprete do músico deve mostrar uma expressão iluminada diante da peça, como se estivesse se transformando. A cena começará com ele irritado, remoendo sua raiva por ter sido contrariado mais uma vez por Luiza. Ele não aceitará a volta da noiva para casa dos pais.

Luiza vai decidir sair do apartamento que vive com Alice (Erika Januza) em parte por conta do ciúme do noivo, mas também sua decisão pesará deixar a prima mais à vontade com Vitor (Gustavo Machado). Eles estarão iniciando uma vida a dois. O casal, que mal começou a se conhecer na trama, resolverá se casar na mesma cerimônia que Neidinha (Elina de Souza) e Theo (Rafael Zulu).

Superstição

A ida de um “homem” para o apartamento, no caso o futuro marido de Alice, é o motivo de uma das brigas do casal nesse capítulo. Porém, a pior das discussões entre eles vai acontecer na frente de Virgílio (Humberto Martins) e Helena.

Luiza chamará os pais para presenciarem a última prova de seu vestido de noiva. O flautista chegará bem nessa na hora. “Pô, Laerte! Pedi pra você não aparecer aqui hoje. Te avisei que ia experimentar meu vestido de noiva”, gritará Luiza.

“Achei que você ia fazer isso no seu quarto, com a porta fechada, não aqui, no meio da sala, em cima de um banco. E também não sabia que ia ter visitas”, responderá ele.

“Meus pais não são visitas. Vieram porque eu pedi. Quero a opinião deles. Ah, mas você estragou tudo. Fez de propósito, fez? Para me dar azar?”, dirá Luiza, que baterá o pé dizendo que não se casará mais com o vestido.

Ódio versus amor

Helena aproveitará o chilique da filha para dizer que é melhor adiar o casamento. “Não senhora. Não se adia mais nada aqui. Principalmente por causa de uma besteira dessas. Presta atenção, Luiza. Você só tem duas opções: casar sem vestido de noiva ou não casar”, avisará o músico.

Virgílio vai tentar acalmar os ânimos, mas Helena não abaixará a cabeça. Ela quase esbofeteará Laerte quando deixar o local. “Odeio você”, dirá a leiloeira ao noivo da filha.

“Nunca ouviu dizer que muito ódio é sempre um pouco de amor?”, provocará o músico. Helena levantará a mão e hesitará em dar um tapa nele antes de sair correndo. “Sua mãe não vai sossegar enquanto não separar nós dois”, comentará o flautista com Luiza.

Ao ouvir da jovem que Helena nunca vai conseguir separá-los, os dois partirão para beijos e amassos. Depois, protagonizarão uma cena de amor. 
Tecnologia do Blogger.