Header Ads

Após veto da Globo, Copa de futebol com jornalistas pode ser cancelada

NT


Por causa da decisão da Rede Globo em proibir que seus jornalistas contratados disputem torneios e se machuquem, a Copa Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos de São Paulo) pode ser cancelada.

Segundo o jornalista Rogério Jovaneli, com a falta de contratados da emissora carioca e do SporTV (o veto é estendido a eles também), a Nike, patrocinadora da competição, perdeu interesse, por conta da publicidade gratuita que tinha nestes dois canais.

Os executivos pensam que, sem Globo e SporTV, não compensa financeiramente bancar um torneio de futebol amador e demasiadamente caro.

Novas rodadas de negociações com a Associação estão ocorrendo, mas o cancelamento é eminente e inevitável, segundo muitos.

Entenda o veto da Globo

Querendo se precaver de futuros desfalques, a Rede Globo teria proibido seus contratados do departamento esportivo de jogar em campeonatos organizados por sindicatos, ou até internamente.

A portaria foi baixada não só para os colaboradores do canal aberto, mas também do canal esportivo fechado SporTV em agosto passado. A intenção é evitar com que seus profissionais sofram lesões durante esses jogos, promovendo desfalques nas equipes de trabalho.

Dois exemplos recentes são usados como desculpa para a decisão. O primeiro é de Tiago Leifert, que em 2010 rompeu o ligamento cruzado posterior do joelho esquerdo quando jogava futebol com colegas. O apresentador do "Globo Esporte SP" e do "The Voice Brasil" precisou passar por cirurgia, o que ocasionou o seu afastamento por um bom tempo do serviço.

Outro caso é o do comentarista Maurício Noriega, do SporTV. Em 2011, ele fraturou o punho jogando o campeonato de futebol society da Aceesp, após sofrer uma falta grave em um jogo. Noriega ficou afastado das transmissões e do trabalho por vários dias.
Tecnologia do Blogger.