Header Ads

Ex de Ronnie Von diz que também foi traída e chama cantor de mentiroso

F5


Depois de afirmar em livro biográfico que foi traído por Anna Luiza, uma de suas ex, Ronnie Von, 70, foi convidado do "Programa Raul Gil" (SBT). No quadro "Elas Querem Saber", o "príncipe da Jovem Guarda" não só confirmou a história como expôs ainda mais o antigo affair, afirmando que ela saiu praticamente com todos os seus amigos.

Quem não gostou muito das declarações foi justamente Anna Luiza: "Isso é uma injúria, tenho família e mereço respeito", afirmou, em entrevista ao "F5".

No livro "O Príncipe que Podia ser Rei" (Planeta), de Antonio Guerreiro e Luiz Cesar Pimentel, consta que Ronnie conheceu Anna Luiza em 1977, no programa de Airton e Lolita Rodrigues, começou o romance no ano seguinte e ficou com ela até 1983.

"Eu sou homem de uma mulher só. Não tenho talento para traição, não consigo ter duas ao mesmo tempo", declarou Ronnie.

Anna discorda. Ela afirma que começou a sair com Ronnie oito meses antes de ele se separar da sua primeira mulher. "Que fidelidade é essa?", questionou.

Ainda de acordo com a biografia, a relação com Anna deixou cicatrizes tão profundas que, mais de 30 anos depois da separação, Ronnie simplesmente se recusa a pronunciar o nome dela. "Fui traído e fiquei mal."

Anna confirmou aos autores da biografia que a separação, de fato, deixou o astro magoado e que ela se envolveu com outro homem. "Quando nos separamos após mais de seis anos, saiu que eu havia o deixado por outro. Sem mentiras, apenas confirmei", disse.

Porém, a ex rechaça completamente a afirmação de que ficou com "vários amigos" de Ronnie. "Eu o traí no final do nosso relacionamento e o larguei em uma semana, ele não diz isso no livro", complementou. "Quando me separei, foi por uma paixão que tive por um ex-sócio dele. Só isso", explicou.

Anna também relatou que, enquanto estava com Ronnie, soube por amigos que ele a traiu com uma atriz e que ela sempre desconfiou do caso, mas nunca conseguiu confirmar. "Mas achei estranho o comportamento deles em uma festa na casa da Hebe [Camargo]."

"Fui verdadeira, declarei minha traição, mas isso não dava a ele o direito de ele me colocar como uma meretriz em rede nacional, num programa de sábado à tarde", revolta-se Anna, que disse que o livro tem apenas "parte da verdade".

Procurado pelo "F5*, Ronnie Von preferiu não se manifestar sobre o caso.
Tecnologia do Blogger.